|

Atividade física ajuda a reduzir o envelhecimento

Praticar atividades físicas ajuda a reduzir o envelhecimento. É o que aponta um estudo alemão que analisou que a prática regular de exercícios previne o encurtamento dos telômeros, estrutura da célula envolvida na reprodução celular.

Quanto mais longo o telômero, mais eficaz. Quanto menor, há menos capacidade de divisão da célula, até que ela, por fim, morre. Os telômeros representam a parte terminal dos cromossomos e seu papel é preservar com a maior fidelidade possível o código genético.


O estudo alemão mostrou que o exercício físico em atletas profissionais leva à ativação da enzima telomerase, responsável por estabilizar o telômero. Ao preservar a integridade dos telômeros, estamos preservando a nossa informação genética. Assim, impede-se também que mudanças estruturais ocorram, prevenindo algumas doenças como o câncer.

Para chegarem ao resultado, os pesquisadores compararam leucócitos (células do sangue) de quatro grupos de voluntários, com um histórico de atividade física regular. Um era composto por 32 corredores profissionais jovens, com idade média de 20 anos. Outro era formado por atletas profissionais mais velhos, com idade média de 51 anos.

Ambos foram avaliados e comparados com um grupo de pessoas saudáveis, não-fumantes, porém sedentárias, de várias idades. Não houve grande diferença no tamanho dos telômeros entre os atletas jovens e os sedentários jovens, mas eles eram significativamente mais longos nos mais velhos.

A análise das amostras revelou uma ativação da enzima telomerase nos atletas, tanto nos jovens, quanto mais velhos, em comparação aos sedentários.

Segundo os pesquisadores, a ativação da enzima telomerase, a longo prazo, diminui o encurtamento dos telômeros. Eles ainda afirmam que os dados melhoram o entendimento molecular dos efeitos protetores do exercício sobre doenças relacionadas ao envelhecimento.

Postado por Fabrício Marques no(a) quarta-feira, 24 de março de 2010 às 18:39. Categoria: . Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta postagem através do RSS 2.0. Fique à vontade para deixar um comentário.

Categorias

Comentários Recentes

Últimas Notícias