|

Olimpíada Londres 2012: Medalhas trazem prejuízo de R$ 82 mil a Phelps

O nadador Michael Phelps (dono de quatro ouros e duas pratas em Londres) terá de deixar nada menos que R$ 82,6 mil ao tesouro norte-americano devido aos impostos cobrados sobre as premiações conquistadas na Olimpíada de Londres.

Um projeto de Lei que tramita no Congresso americano pretende derrubar a carga tributária por cada medalha conquistada por atletas dos Estados Unidos na Olimpíada de Londres. Atualmente, parte das premiações pagas pelo Comitê Olímpico Americano (USOC) são mordidos por impostos.

Ouros de Michael Phelps podem dar dor de cabeça ao nadador (Foto: Jorge Silva/Reuters)

O USOC paga US$ 25 mil (R$50,6 mil) por cada medalha de ouro, US$ 15 mil (R$30,4 mil) pelas de prata e US$ 10 mil (R$20,2 mil) pelas de bronze. Uma análise da Fundação Americana para a Reforma Tributária indicou que, de acordo com a lei vigente, os cofres do Tio Sam abocanham US$ 8,9 mil (R$18 mil) por ouro, US$ 5,3 mil por prata (R$10,7 mil) e US$ 3,5 mil por um bronze (R$ 7 mil).

O presidente Barack Obama já sinalizou que apoia o fim da taxação.

Postado por Fabrício Marques no(a) sábado, 11 de agosto de 2012 às 16:28. Categoria: , . Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta postagem através do RSS 2.0. Fique à vontade para deixar um comentário.

Categorias

Comentários Recentes

Últimas Notícias