|

TV de LED da Samsung é coisa fina

Não importa se o papo é tamanho, espessura (meros 3 centímetros) ou qualidade das imagens. Em todos esses aspectos a tela de 55 polegadas de LCD com retroiluminação por LED de 240 Hz da Luxia LED TV UN55B8000, da Samsung, consegue ser imponente. O leque de recursos do modelo também é fora de série. A UN55B8000 se conecta à rede por cabo ou Wi-Fi e reproduz vídeos do YouTube e conteúdo dos PCs da casa. Tudo isso para quem estiver disposto a desembolsar o valor de um carro usado - 12.999 reais.



Nos testes do INFOLAB com Blu-ray, a TV exibiu imagens com maestria, e as cenas apresentaram ótimo nível de contraste. O aparelho é quase nota dez nos números miúdos, com 5.000.000:1 de contraste dinâmico, 240 Hz de taxa de atualização e brilho de 500 cd/m². O único valor que não é de cair o queixo são os 6 milissegundos de tempo de resposta, número mediano no mundo das TVs de alto padrão.

Além de todos os números, outra grande sacada da TV é ler um mar de formatos de vídeo. Em resolução normal, ela leu arquivos DivX, XviD, MPEG 1, 2 e 3 e VOB. Mas o show mesmo vem quando os arquivos em 1080p nos formatos MPEG-4, WMV e MOV vão para a telona. Dá até para rodar MKV. Mas, no INFOLAB, só foi possível abrir arquivos nesse formato vindo do pen drive. Pela rede Wi-Fi, a TV não reconheceu esse padrão. Ainda é possível acessar o YouTube e ler feeds de RSS.

Por fora, a TV apresenta design impecável. São míseros 3 centímetros de espessura e o aspecto visual é de primeira, com uma sutil borda transparente, base de aço escovado e haste feita de acrílico maciço. A elegância aumenta ainda mais com o LED azul central na parte inferior que se acende quando ela é ligada. No INFOLAB, outra boa notícia foram os resultados no teste de consumo de energia. Apesar dos 220 watts de consumo nominal, a TV marcou 155 watts nos testes, medição feita no modo de imagem padrão do aparelho.

Como era de se esperar, a Luxia LED TV não deve nenhuma conexão. Além de contar com 4 entradas HDMI na parte traseira, o modelo tem conector Ethernet para rede cabeada e duas entradas USB na lateral. Uma delas é reservada para que se espete o adaptador para a rede Wi-Fi e a outra fica disponível para os pen drives recheados de vídeos. Os dois alto-falantes traseiros, com potência de 30 watts, têm bom som. Mesmo assim, é praticamente indispensável um bom home theater como parceiro dessa TV.

Na lista de recursos que você pode achar interessantes, mas que não usará mais de três vezes na vida, a TV traz, em sua memória interna, uma seção cheia de dicas para o dia-a-dia. Há um guia de condicionamento físico, textos em inglês para crianças, jogos e até receitas. No fim das contas, o único ponto digno de reclamação do modelo só poderia ser um. O preço de 12.999 reais, sem dúvida, impede a nova Luxia LED TV de entrar na casa de mais pessoas.

Postado por Fabrício Marques no(a) terça-feira, 23 de fevereiro de 2010 às 14:36. Categoria: . Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta postagem através do RSS 2.0. Fique à vontade para deixar um comentário.

Categorias

Comentários Recentes

Últimas Notícias