|

Gelo e matéria orgânica achados em asteróide

Cientistas anunciaram a existência de grandes quantidades de gelo e compostos orgânicos na superfície de asteróides. A descoberta sugere que alguns destes corpos, junto com comentas, foram responsáveis por transportar água à Terra primordial.

O estudo, publicado na Nature, pode ajudar a reescrever a história da formação do sistema solar e a compreender a natureza dos asteróides. Por muito tempo, astrônomos acreditavam que não era possível encontrar quantidade significativa de água nestes corpos celestes. No entanto, após seis anos de observação do asteróide 24 Themis, os astrônomos Andrew Rivkin, da Universidade Johns Hopkins, e Joshua Emery, da Universidade do Tennessee, encontraram evidências do contrário.


Utilizando a Infrared Telescope Facility, equipamento infravermelho da NASA, eles mediram o objeto em sete ocasiões diferentes a partir de 2002. Em seus dados, estavam as inconfundíveis assinaturas em infravermelho de gelo e matéria orgânica.

A descoberta é surpreendente porque o Themis orbita o sol a apenas 479 milhões de quilômetros – o que o coloca em uma zona considerada quente demais para carregar gelo proveniente da origem do Sistema Solar (há 4,6 bilhões de anos).

A pesquisa sugere ainda que os asteróides poderiam ser fonte de reabastecimento para futuras explorações interplanetárias. Há poucas semanas, o presidente Barack Obama anunciou que o próximo destino a ser explorado pela NASA é um asteróide. A ideia é que, em até 15 anos, uma nave tripulada possa chegar a um destes corpos celestes.
Fonte: InfoOnline

Postado por Fabrício Marques no(a) sexta-feira, 23 de abril de 2010 às 20:59. Categoria: . Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta postagem através do RSS 2.0. Fique à vontade para deixar um comentário.

Categorias

Comentários Recentes

Últimas Notícias