|

Código florestal: Votação é adiada para terça-feira, 06

Contrariando o desejo de governistas e da própria oposição, a votação do novo Código Florestal, prevista para esta quarta-feira, foi adiada para a próxima terça-feira (6). Isso porque na terça-feira o PSOL conseguiu obstruir a votação de um requerimento de urgência, que possibilitaria que a votação do projeto ocorresse.

Manifestação contra o novo Código Florestal na praça dos Três Poderes
Com base em trechos do Regimento Interno do Senado, o líder do partido, senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), alegou que o substitutivo do senador Jorge Viana (PT-AC), que será votado no plenário, não havia sido publicado ainda no Diário do Senado. Como o regimento da Casa prevê que, para quebra do interstício, há a necessidade de concordância unânime de todos os líderes, e o PSOL manteve a posição de não permitir a votação. Com isso, a análise da matéria acabou ficando para a próxima semana.

“Vamos votar hoje [quarta-feira] à tarde o requerimento de urgência, mas como o regimento prevê a realização de duas sessões antes de votar a matéria, ela será votada terça à tarde”, disse o líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR). Segundo ele, o atraso na votação do código não deve atrapalhar outra votação, a da proposta de emenda à Constituição, que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU).

As informações são do Diário do Rio Doce.

Postado por Fabrício Marques no(a) quarta-feira, 30 de novembro de 2011 às 19:50. Categoria: . Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta postagem através do RSS 2.0. Fique à vontade para deixar um comentário.

Categorias

Comentários Recentes

Últimas Notícias